Produtos

  • Trivac D 16B Ex

    Bomba de Vácuo Rotativa

    As bombas da série Trivac B são conhecidas por serem as bombas rotativas de palhetas a óleo mais robustas do mercado. Todos os modelos são certificados, no mínimo de acordo com a normativa 2014/34/EU (ATEX) (Cat. 3 no interior) ou outras mais restritivas como é o caso Trivac D 16B –Ex que cumpre os requisitos da directiva ATEX 94/9/EG. Esta bomba permite bombear gases pertencentes ao grupo IIB3 e IIC *(zona 0) por ser estar classificada como Categoria 1 interna e Categoria 2 externa. A bomba pode ser colocada numa Zona 1. A classe de temperatura é T4. A bomba possui sensores de temperatura e de monitorização de pressão no seu interior e corta chamas na entrada e saída.

     

    * Excepto acetileno e bissulfito de carbono

     

    Características:

    ATEX Cat 1 no interior e Cat 2 no exterior

    Velocidade de bombagem nominal: 18,9 m3/h a 50 Hz (DIN 28 400)

    Velocidade de bombagem real: 16,5 m3/h (DIN 28 400)

    Pressão parcial limite: 1x10-4 mbar  (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Pressão parcial limite com balastro: < 5x10-3 mbar (DIN 28 400)

    Tolerância ao vapor de água: 25 mbar

    Capacidade de vapor de água: 305 g/h

    Ruído: 54 dB(A) (DIN 45635)

    Temperatura superfície admissível: 12 - 40ºC

    Temperatura máxima entrada: 60ºC

    Pressão entrada máxima admissível: atmosférica

    Classe: IP 54

    Motor eléctrico: 3~,230V/400V, 50 Hz, Ex e II T4

    Peso: 72 kg

    Materiais em contacto com os gases: consultar o catálogo.

    Entrada: rosca G ¾”

    Saída: G 1”

    Volume de óleo:0,55...1,3 l

    Referência: 140 091 

  • Trivac D 16BCS

    Bomba Rotativa de Palhetas

    As bombas da série Trivac B são conhecidas por serem as bombas rotativas de palhetas a óleo mais robustas do mercado. Porém, a série BCS é dedicada às aplicações mais agressivas ou a integradores.

    Todos os modelos são certificados, no mínimo de acordo com a normativa 2014/34/EU (ATEX) (Cat. 3 no interior) ou outras mais restritivas.

    As bombas são fornecidas com balastro, incorporam válvula anti-retorno e permitem alterar a orientação das falanges de entrada e saída (vertical ou lateral).

    Apresentam ainda as seguintes vantagens:

    -          Design compacto;

    -          Baixa vibração;

    -          Operação em contínuo (inclusive a 100 mbar);

    -          Elevada velocidade de bombagem à pressão limite;

    -          Baixo consumo eléctrico;

    -          Diminuta emissão de calor;

    -          Duplo retentor do veio;

    -          Seleção de materiais mais cuidada (para diminuir o efeito da corrosão);

    -          Acessórios específicos para operação com fluídos mais agressivos.

    São fornecidas com anel de centragem e abraçadeira para a ligação da falange de entrada, com uma trapa de sujidade e com uma carga de óleo LVO100.

     

     

    Características:

    Velocidade de bombagem nominal: 18,9 m3/h a 50 Hz (DIN 28 400)

    Velocidade de bombagem real: 16,5 m3/h (DIN 28 400)

    Pressão parcial limite: 10-4 mbar  (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Pressão total limite: < 2x10-3 mbar (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Tolerância ao vapor de água: 25 mbar

    Capacidade de vapor de água: 305 g/h

    Ruído: 54 dB(A) (DIN 45635)

    Temperatura ambiente: 12 - 40ºC

    Classe: depende do motor eléctrico

    Potência do motor eléctrico: 750 W

    Peso: 28 kg

    Falange de entrada e saída: DN 25 KF

    Volume de óleo:0,45...1 l LVO100

    Referência (motor trifásico): 113 68

  • Trivac D 16BCS-PFPE

    Bomba Rotativa de Palhetas

    As bombas da série Trivac B são conhecidas por serem as bombas rotativas de palhetas a óleo mais robustas do mercado. Porém, a série BCS-PFPE é dedicada às aplicações mais agressivas. Utiliza óleo de FPFE permitindo bombear O2, alguns químicos específicos e anodizantes.

    Todos os modelos são certificados, no mínimo de acordo com a normativa 2014/34/EU (ATEX) (Cat. 3 no interior) ou outras mais restritivas.

    As bombas são fornecidas com balastro, incorporam válvula anti-retorno e permitem alterar a orientação das falanges de entrada e saída (vertical ou lateral).

    Apresentam ainda as seguintes vantagens:

    -          Design compacto;

    -          Baixa vibração;

    -          Operação em contínuo (inclusive a 100 mbar);

    -          Elevada velocidade de bombagem à pressão limite;

    -          Baixo consumo eléctrico;

    -          Diminuta emissão de calor;

    -          Duplo retentor do veio;

    -          Seleção de materiais mais cuidada (para diminuir o efeito da corrosão);

    -          Acessórios específicos para operação com fluídos mais agressivos.

    São fornecidas com anel de centragem e abraçadeira para a ligação da falange de entrada, com uma trapa de sujidade.

    O óleo de PFPE, que corresponde ao LEYBONOL LVO400, tem de ser encomendado em separado. Recomendamos também a instalação do filtro de óleo CF ou CFS

     

    Características:

    Velocidade de bombagem nominal: 18,9 m3/h a 50 Hz (DIN 28 400)

    Velocidade de bombagem real: 16,5 m3/h (DIN 28 400)

    Pressão parcial limite: < 8x10-4 mbar  (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Pressão total limite: < 5x10-3 mbar (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Tolerância ao vapor de água: 25 mbar

    Capacidade de vapor de água: 305 g/h

    Ruído: 54 dB(A) (DIN 45635)

    Temperatura ambiente: 12 - 40ºC

    Classe: depende do motor eléctrico

    Potência do motor eléctrico: 750 W

    Peso: 28 kg

    Falange de entrada e saída: DN 25 KF

    Volume de óleo: 0,45...1 l LVO100

    Referência (motor trifásico): 113 69

  • Trivac D25B

    Bomba Rotativa de Palhetas

    As bombas da série Trivac B são conhecidas por serem as bombas rotativas de palhetas a óleo mais robustas do mercado. Todos os modelos são certificados, no mínimo de acordo com a normativa 2014/34/EU (ATEX) (Cat. 3 no interior) ou outras mais restritivas.

    As bombas são fornecidas com balastro, incorporam válvula anti-retorno e permitem alterar a orientação das falanges de entrada e saída (vertical ou lateral).

    A performance das Trivac B é inigualável; possuem uma elevada tolerância ao vapor de água e um baixo refluxo de óleo sendo o consumo de óleo muitíssimo reduzido.

    As bombas suportam uma operação contínua, inclusivamente a 1000 mbar, sem comprometer o nível de ruído.

    A montagem e concepção destas bombas garantem que são estanques o suficiente para trabalhar com 4He, existindo também versões para 3He e gases perigosos.

      

    Características:

    Velocidade de bombagem nominal: 29,5 m3/h a 50 Hz (DIN 28 400)

    Velocidade de bombagem real: 25,7 m3/h (DIN 28 400)

    Pressão parcial limite: 10-4 mbar  (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Pressão total limite: < 2x10-3 mbar (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Tolerância ao vapor de água: 25 mbar

    Capacidade de vapor de água: 480 g/h

    Ruído: 54 dB(A) (DIN 45635)

    Temperatura ambiente: 12 - 40ºC

    Classe: depende do motor eléctrico

    Potência do motor eléctrico: 550 – 750 W

    Peso: 32 kg

    Falange de entrada e saída: DN 25 KF

    Referência (motor monofásico): 11275

    Referência (motor trifásico): 11276

  • Trivac D 25B-DOT

    Bomba Rotativa de Palhetas de dois estágios

    As bombas da série Trivac B são conhecidas por serem as bombas rotativas de palhetas a óleo mais robustas do mercado. Todos os modelos são certificados, no mínimo de acordo com a normativa 2014/34/EU (ATEX) (Cat. 3 no interior) ou outras mais restritivas.

    A versão DOT destina-se ao uso na indústria automóvel, nomeadamente ao enchimento de circuitos de travões.  O fluído selante da bomba é o DOT 4 (fluído de travões) e os seus vedantes são todos compatíveis com este óleo.

    As bombas são fornecidas com balastro, incorporam válvula anti-retorno, permitem alterar a orientação das falanges de entrada e saída (vertical ou lateral) e, neste caso particular, com óleo DOT 4 já incluído.




    Características:

    Velocidade de bombagem nominal: 29,5 m3/h a 50 Hz (DIN 28 400)

    Velocidade de bombagem real: 25,7 m3/h (DIN 28 400)

    Pressão total limite: < 6x10-1 mbar (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Tolerância ao vapor de água: 25 mbar

    Capacidade de vapor de água: 480 g/h

    Ruído: 54 dB(A) (DIN 45635)

    Temperatura ambiente: 12 - 40ºC

    Classe: depende do motor eléctrico

    Potência do motor eléctrico: 550 W

    Peso: 32,5 kg

    Falange de entrada e saída: DN 25 KF

    Volume de óleo: 0,6 ... 1,4 l

    Referência (motor trifásico): 112 76 18

  • Trivac D 25BCS

    Bomba Rotativa de Palhetas

    As bombas da série Trivac B são conhecidas por serem as bombas rotativas de palhetas a óleo mais robustas do mercado. Porém, a série BCS é dedicada às aplicações mais agressivas ou a integradores.

    Todos os modelos são certificados, no mínimo de acordo com a normativa 2014/34/EU (ATEX) (Cat. 3 no interior) ou outras mais restritivas.

    As bombas são fornecidas com balastro, incorporam válvula anti-retorno e permitem alterar a orientação das falanges de entrada e saída (vertical ou lateral).

    Apresentam ainda as seguintes vantagens:

    -          Design compacto;

    -          Baixa vibração;

    -          Operação em contínuo (inclusive a 100 mbar);

    -          Elevada velocidade de bombagem à pressão limite;

    -          Baixo consumo eléctrico;

    -          Diminuta emissão de calor;

    -          Duplo retentor do veio;

    -          Seleção de materiais mais cuidada (para diminuir o efeito da corrosão);

    -          Acessórios específicos para operação com fluídos mais agressivos.

    São fornecidas com anel de centragem e abraçadeira para a ligação da falange de entrada, com uma trapa de sujidade e com uma carga de óleo LVO100.

     

    Características:

    Velocidade de bombagem nominal: 29,5 m3/h a 50 Hz (DIN 28 400)

    Velocidade de bombagem real: 25,7 m3/h (DIN 28 400)

    Pressão parcial limite: 10-4 mbar  (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Pressão total limite: < 2x10-3 mbar (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Tolerância ao vapor de água: 25 mbar

    Capacidade de vapor de água: 480 g/h

    Ruído: 54 dB(A) (DIN 45635)

    Temperatura ambiente: 12 - 40ºC

    Classe: depende do motor eléctrico

    Potência do motor eléctrico: 750 W

    Peso: 32 kg

    Falange de entrada e saída: DN 25 KF

    Volume de óleo: 0,6....1,4 LVO100

    Referência: (Motor trifásico): 11378

  • Trivac D 25BCS-PFPE

    Bomba Rotativa de Palhetas

    As bombas da série Trivac B são conhecidas por serem as bombas rotativas de palhetas a óleo mais robustas do mercado. Porém, a série BCS-PFPE é dedicada às aplicações mais agressivas. Utiliza óleo de FPFE permitindo bombear O2, alguns químicos específicos e anodizantes.

    Todos os modelos são certificados, no mínimo de acordo com a normativa 2014/34/EU (ATEX) (Cat. 3 no interior) ou outras mais restritivas.

    As bombas são fornecidas com balastro, incorporam válvula anti-retorno e permitem alterar a orientação das falanges de entrada e saída (vertical ou lateral).

    Apresentam ainda as seguintes vantagens:

    -          Design compacto;

    -          Baixa vibração;

    -          Operação em contínuo (inclusive a 100 mbar);

    -          Elevada velocidade de bombagem à pressão limite;

    -          Baixo consumo eléctrico;

    -          Diminuta emissão de calor;

    -          Duplo retentor do veio;

    -          Seleção de materiais mais cuidada (para diminuir o efeito da corrosão);

    -          Acessórios específicos para operação com fluídos mais agressivos.

    São fornecidas com anel de centragem e abraçadeira para a ligação da falange de entrada, com uma trapa de sujidade.

    O óleo de PFPE, que corresponde ao LEYBONOL LVO400, tem de ser encomendado em separado. Recomendamos também a instalação do filtro de óleo CF ou CFS

     

    Características:

    Velocidade de bombagem nominal: 29,5 m3/h a 50 Hz (DIN 28 400)

    Velocidade de bombagem real: 25,7 m3/h (DIN 28 400)

    Pressão parcial limite: < 8x10-4 mbar  (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Pressão total limite: < 5x10-3 mbar (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Tolerância ao vapor de água: 25 mbar

    Capacidade de vapor de água: 480 g/h

    Ruído: 54 dB(A) (DIN 45635)

    Temperatura ambiente: 12 - 40ºC

    Classe: depende do motor eléctrico

    Potência do motor eléctrico: 750 W

    Peso: 32 kg

    Falange de entrada e saída: DN 25 KF

    Volume de óleo: 0,6....1,4 LVO400

  • Trivac D 40B

    Bomba Rotativa de Palhetas

    As bombas da série Trivac B são conhecidas por serem as bombas rotativas de palhetas a óleo mais robustas do mercado. Todos os modelos são certificados, no mínimo de acordo com a normativa 2014/34/EU (ATEX) (Cat. 3 no interior) ou outras mais restritivas.

    As bombas são fornecidas com balastro, incorporam válvula anti-retorno e permitem alterar a orientação das falanges de entrada e saída (vertical ou lateral).

    A performance das Trivac B é inigualável; possuem uma elevada tolerância ao vapor de água e um baixo refluxo de óleo sendo o consumo de óleo muitíssimo reduzido.

    As bombas suportam uma operação contínua, inclusivamente a 1000 mbar, sem comprometer o nível de ruído.

    A montagem e concepção destas bombas garantem que são estanques o suficiente para trabalhar com 4He, existindo também versões para 3He e gases perigosos.

      

    Características:

    Velocidade de bombagem nominal: 46 m3/h a 50 Hz (DIN 28 400)

    Velocidade de bombagem real: 40 m3/h (DIN 28 400)

    Pressão parcial limite: 10-4 mbar  (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Pressão total limite: < 2x10-3 mbar (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Tolerância ao vapor de água: 40 mbar

    Capacidade de vapor de água: 1,18 kg/h

    Ruído: 57 dB(A) (DIN 45635)

    Temperatura ambiente: 12 - 40ºC

    Classe: depende do motor eléctrico

    Potência do motor eléctrico: 2,2 kW

    Peso: 75,3 kg

    Falange de entrada e saída: DN 40 KF

    Referência (motor trifásico): 11286

  • Trivac D 40B-DOT

    Bomba Rotativa de Palhetas de dois Estágios

    As bombas da série Trivac B são conhecidas por serem as bombas rotativas de palhetas a óleo mais robustas do mercado. Todos os modelos são certificados, no mínimo de acordo com a normativa 2014/34/EU (ATEX) (Cat. 3 no interior) ou outras mais restritivas.

    A versão DOT destina-se ao uso na indústria automóvel, nomeadamente ao enchimento de circuitos de travões.  O fluído selante da bomba é o DOT 4 (fluído de travões) e os seus vedantes são todos compatíveis com este óleo.

    As bombas são fornecidas com balastro, incorporam válvula anti-retorno, permitem alterar a orientação das falanges de entrada e saída (vertical ou lateral) e, neste caso particular, com óleo DOT 4 já incluído.

     

    Características:

    Velocidade de bombagem nominal: 46 m3/h a 50 Hz (DIN 28 400)

    Velocidade de bombagem real: 40 m3/h (DIN 28 400)

    Pressão total limite: < 6x10-1 mbar (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Tolerância ao vapor de água: 40 mbar

    Capacidade de vapor de água: 1,18 kg/h

    Ruído: 54 dB(A) (DIN 45635)

    Temperatura ambiente: 12 - 40ºC

    Classe: depende do motor eléctrico

    Potência do motor eléctrico: 550 W

    Peso:75,8 kg

    Falange de entrada e saída: DN 40 KF

    Volume de óleo: 1,7...2,6 l

    Referência (motor trifásico): 112 86 12

  • Trivac D 40BCS

    Bomba Rotativa de Palhetas de dois estágios

    As bombas da série Trivac B são conhecidas por serem as bombas rotativas de palhetas a óleo mais robustas do mercado. Porém, a série BCS é dedicada às aplicações mais agressivas ou a integradores.

    Todos os modelos são certificados, no mínimo de acordo com a normativa 2014/34/EU (ATEX) (Cat. 3 no interior) ou outras mais restritivas.

    As bombas são fornecidas com balastro, incorporam válvula anti-retorno e permitem alterar a orientação das falanges de entrada e saída (vertical ou lateral).

    Apresentam ainda as seguintes vantagens:

    -          Design compacto;

    -          Baixa vibração;

    -          Operação em contínuo (inclusive a 100 mbar);

    -          Elevada velocidade de bombagem à pressão limite;

    -          Baixo consumo eléctrico;

    -          Diminuta emissão de calor;

    -          Duplo retentor do veio;

    -          Seleção de materiais mais cuidada (para diminuir o efeito da corrosão);

    -          Acessórios específicos para operação com fluídos mais agressivos.

    São fornecidas com anel de centragem e abraçadeira para a ligação da falange de entrada, com uma trapa de sujidade e com uma carga de óleo LVO100.

     

    Características:

    Velocidade de bombagem nominal: 46 m3/h a 50 Hz (DIN 28 400)

    Velocidade de bombagem real: 40 m3/h (DIN 28 400)

    Pressão parcial limite: 10-4 mbar  (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Pressão total limite: < 2x10-3 mbar (balastro fechado) (DIN 28 400)

    Tolerância ao vapor de água: 40 mbar

    Capacidade de vapor de água: 1,18 kg/h

    Ruído: 57 dB(A) (DIN 45635)

    Temperatura ambiente: 12 - 40ºC

    Classe: depende do motor eléctrico

    Potência do motor eléctrico: 2,2 kW

    Peso: 75,3 kg

    Falange de entrada e saída: DN 40 KF

    Volume de óleo: 1,7...2,6 l LVO100